O que os olhos não veem o estômago sente!

Tente esses 5 exercícios para conectar com seu corpo



Você já engoliu meio pacote de pipoca antes da sessão de cinema começar? Ou comeu todos os pãezinhos antes da refeição ser servida no restaurante e quando ela chega você já está cheia?


A indulgência ocasional é parte da vida, mas se esse comer automático se torna um hábito, pode fazer mal à sua saúde.


Técnicas de alimentação Mindful podem ajudar. Mindfulness é uma estratégia para ajudar seu corpo a reconhecer pistas e prevenir excessos. Não é uma dieta, mas uma prática que pode ajudar você a desacelerar, prestar atenção ao alimento e se está ou não com fome.

Diversos estudos mostram que técnicas de mindfulness podem ajudar a reduzir a resposta emocional de comer e ajudar a perder peso. Não é para perder quilos rapidamente, mas um ajuste e pode ajudar a sair da montanha russa de dietas e ganho de peso. A técnica não tem dietas ou receitas porque é mais sobre como você come do que o que come, sobre estar presente no momento, focando na atitude alimentar e quando seu corpo está satisfeito.


O primeiro passo é perceber o que está provocando seu padrão de comer. Os motivos mais comuns são:


  • Distração: comer em frente à TV ou mexendo em redes sociais. Pesquisas mostram que as pessoas comem mais quando estão distraídas.

  • Emoções: tédio e estresse, por exemplo, podem alterar seus hábitos alimentares.

  • Ambiente: Nós vivemos rodeados por alimentos 24 horas. Pode ser que você nem está pensando em comer, assiste um comercial, e dá vontade de beliscar algo.


Pratique estas estratégias alimentares mindful:


Sente para comer

Comer na mesa de trabalho, no carro, ou enquanto faz o almoço das crianças são exemplos de comer distraído. Pesquisas mostram que sentar na mesa de refeição ajuda a focar e apreciar o que estamos comendo.


Use todos seus sentidos

Faça um esforço para observar o aspecto, aroma e sabor de seu alimento. Morda pequenos pedaços e mastigue lentamente. É mais fácil falar do que fazer mas praticar regularmente torna o processo automático. Estabeleça cerca de 20 minutos para uma porção pequena de alimentos.


Preste atenção na fome física

Faça pausas entre cada garfada de alimento e pergunte-se “Estou satisfeito(a)? Posso parar por aqui?”. Geralmente comemos o prato todo sem parar para respirar ou pensar. Aprenda a diferença de fome e satisfação para guiar suas decisões.


Despreze o prato de doces

Ajuste seu ambiente para uma alimentação mindful: Dê uma olhada na casa para descobrir quais tipos de alimentos estão disponíveis. Os lanches saudáveis como frutas e castanhas são os de mais fácil acesso? Ou são os lanches como doces e biscoitos? No consultório, temos um saquinho de castanhas e frutas secas escondido na gaveta, assim quando com vontade de beliscar algo, o acesso é ao saudável. Que tal fazer o mesmo na sua mesa de trabalho?


Avalie seu estilo de vida

Outros fatores como insônia e estresse podem impactar os hormônios que regulam o apetite. Além disso, se você está cansado, não toma as melhores decisões em relação à comida.


3 exercícios Mindfulness para maior consciência do alimento:


  1. Remova pistas visuais: a fome é altamente afetada por pistas visuais (comida disponível ao seu redor).

  2. Mãos na massa: a abordagem mindful quer dizer que você está focado no processo de comer e não engolindo correndo. Diminua a velocidade ao usar sua mão não dominante para comer (por exemplo, a mão esquerda se você usa a direita). Isso ajuda a prestar atenção ao processo de se alimentar.

  3. Confunda suas papilas gustativas: Parece que a primeira parte de um bolo de chocolate é sempre a melhor, não é? Isso ocorre porque suas papilas gustativas (que sentem o sabor dos alimentos na língua) reconhecem a nova sensação mas depois acostumam com o sabor. É fácil se perder num ciclo de comer demais enquanto buscando a sensação prazerosa da primeira mordida. Se está difícil parar de comer um certo tipo de alimento, tente comer algo com sabor, textura ou temperatura diferente. Espere um pouco e volte ao que estava comendo anteriormente e sem controle. O sabor ficou diferente? Isso foi suficiente para te satisfazer?


Se você está constantemente comendo demais, pode ser que necessite de atenção especializada. Um nutricionista ou médico podem ajudá-lo a entender o problema e desenvolver hábitos mais saudáveis.


2 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo